mansion-425272_1920

Perfil de brasileiros que compram casas nos EUA muda

  • Compartilhe!

Foco agora é moradia e há quem esteja reinvestindo ganhos com bens adquiridos anos atrás, explica a imobiliária especializada Authentic Real Estate

Por Redação Sonho do Primeiro Imóvel

Depois do boom da compra de imóveis nos Estados Unidos há alguns anos, o foco do brasileiro que investe em casas no país norte-americano mudou. E Orlando, com suas mansões de luxo e mercado imobiliário em expansão, é o destino da vez. Um dos grandes atrativos da cidade é o preço dos empreendimentos. Hoje, mesmo com o dólar em torno de R$ 4, o m² em Orlando custa, em média, R$ 4,7 mil. Enquanto isso, bairros do mesmo padrão em São Paulo ou no Rio de Janeiro superam facilmente os R$ 8 mil. Outra vantagem são os juros do financiamento: 3,5% ao ano nos Estados Unidos, contra quase 10% no Brasil.

441-Tiago photo

Tiago Ferreira, fundador da Authentic Real Estate

“Com isso, muitos brasileiros das classes A e B têm decidido vir de vez para cá, onde a infraestrutura de segurança é melhor e a perspectiva para os negócios é animadora”, afirma Tiago Ferreira, fundador da Authentic Real Estate. Tiago conta que, dentro dessa onda migratória de brasileiros, há muitos que reaplicam nos Estados Unidos retornos financeiros de investimentos imobiliários feitos anos atrás.

Para os que ainda não pensam em trocar de país, obter o retorno do investimento no imóvel alugando-o para estadias curtas sempre foi uma opção rentável na capital do turismo norte-americano. “Orlando é a cidade mais visitada dos Estados Unidos, com mais de 60 milhões de turistas por ano, então há uma demanda muito grande por casas de temporada”, explica o fundador.

Em relação à vizinha e rival na disputa pelos brasileiros Miami, Orlando ganha na geografia. Enquanto a primeira não tem mais para onde crescer e concentra sua oferta imobiliária em apartamentos, a segunda está em plena expansão e tem casas luxuosas e mansões em condomínios por valores entre US$ 200 mil e US$ 500 mil. “Com isso, vemos um fluxo muito grande de brasileiros com um dinheiro extra buscando uma vida mais confortável aqui”, diz Ferreira.

 

 

 

MAIS SOBRE O ASSUNTO...

Ops! Nenhuma postagem relacionada.

Acompanhe-nos nas Redes Sociais