Steel Frame se apresenta como alternativa de arquitetura sustentável

Para quem constrói, além da obra limpa, o tempo de execução pode ser menor. A arquiteta Renata Pisani, especializada em Meio Ambiente, comenta as vantagens desse sistema que começa a ganhar cada vez mais força no mercado brasileiro.

dino

O uso do steel frame possibilita a execução do projeto fora do canteiro de obras, otimizando o tempo de construção.

Curitiba – PR, 14/07/2021 –

Assim como outros setores relacionados à construção civil, a arquitetura tem passado por transformações em busca de um cenário sem desperdícios e com impactos menores ao meio ambiente, uma vez que, de acordo com a Associação Brasileira para Reciclagem de Resíduos da Construção Civil e Demolição (Abracon), são geradas 290,5 toneladas de entulhos diariamente no Brasil, mas apenas 21% destes materiais podem ser reciclados.

Entre as principais tendências que começam a ganhar espaço e se tornar uma solução para este entrave é a construção em steel frame, uma estrutura de aço compatível com outros diversos materiais como madeira, painéis de alumínio composto e drywall.

A arquiteta Renata Pisani, que defende e aplica métodos sustentáveis em seus projetos, lembra que além de contribuir para o meio ambiente, o uso do steel frame possibilita a execução do projeto fora do canteiro de obras, otimizando o tempo de construção.

Características sustentáveis da construção em steel frame

A construção em steel frame (aço leve, em inglês), é um método de sistema construtivo em que as estruturas para vigas, colunas e telhados são feitas em aço galvanizado, substituindo os tijolos e o concreto.
Por utilizar água apenas na etapa de fundação, o que gera economia desse recurso natural, este método é conhecido também como construção seca.

Outra vantagem citada pela arquiteta Renata Pisani, é que esse estilo de construção proporciona melhor isolamento acústico e térmico, em função das várias camadas que compõem o sistema steel frame, resultando em uma redução no consumo de energia e uso de aparelhos como ar-condicionado e aquecedores elétricos.

A versatilidade e a facilidade de manutenção também são fatores que fazem esse sistema ser uma solução para o desperdício de materiais. “O steel frame, ao contrário da construção em alvenaria, é oco e isso permite a passagem de instalações hidráulicas e elétricas de um ponto para outro do imóvel, possibilitando uma adequação da infraestrutura sem quebrar paredes”, explica Renata Pisani.

A arquiteta analisa que embora ainda não seja um método comum de construção no Brasil, o steel frame é uma excelente opção para projetos comerciais por todos os aspectos já citados, por obedecer a normas técnicas de segurança e pela economia de materiais que proporciona.

“Quando a obra de um ponto comercial é feita sem saber se será dada uma finalidade específica, é recomendável o uso do steel frame, porque possibilita que o inquilino adapte conforme a sua necessidade”, esclarece.

Website: http://www.renatapisani.com.br

Acompanhe-nos nas Redes Sociais