ABRAFAC, FIESP e outras entidades elaboram plano de manutenção, operação e controle de elétrica em edificações

A Associação Brasileira de Facilites – ABRAFAC coordena a Comissão de Legislação e Normalização do GT de Segurança e Sistemas Prediais do Deconic, da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo – FIESP, criado com o objetivo de fomentar os Planos de Manutenção, Operação e Controle nas edificações. Os PMOCs passaram a ser exigidos com a publicação da Lei 13.589/2018, visando garantir a qualidade do ambiente e preservar a saúde das pessoas

São Paulo, 03/06/2019 –

No último 21 de maio, integrantes da Comissão de Legislação e Normalização do Grupo de Trabalho de Segurança e Sistemas Prediais do Departamento da Indústria da Construção e Mineração – Deconcic, da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo -FIESP, que é coordenada pela Associação Brasileira de Facilites – ABRAFAC, reuniram-se para discutir a elaboração de Planos de Manutenção, Operação e Controle – PMOCs em edificações. No encontro, que aconteceu na sede da Fiesp, na capital paulista, o grupo definiu que o primeiro plano será sobre instalações elétricas.

O Grupo de Trabalho foi criado com o objetivo de fomentar os PMOCs nas edificações (além da parte elétrica, devem ser elaborados planos de hidráulica, caixilhos, vidros entre outros tantos), que passaram a ser exigidos com a publicação da Lei 13.589 (do Ar Condicionado) de 4 de Janeiro de 2018. A legislação torna obrigatória a execução do PMOC em locais climatizados, visando garantir a qualidade do ambiente e preservar a saúde das pessoas. “A maior quantidade de acidentes em edificações derivam da área elétrica”, explica Ricardo Crepaldi, coordenador da Comissão de Legislação e Normalização, que representou a ABRAFAC junto com o Presidente Thiago Santana na reunião. “Por isso vamos trabalhar este plano é o que mais impacta a sociedade, no momento”, completa sobre os motivos da escolha do primeiro PMOC.

Participaram também do encontro, além da FIESP, representantes do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de São Paulo – Sinduscon-SP; Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento – Abrava; Associação Brasileira de Sistemas Prediais -Abrasip, Associação Brasileira das Indústrias de Vidro – Abividro.

Integram a Comissão as entidades: Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica – Abinee; Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT e Secovi – Sindicato da Habitação de São Paulo entre outras

Segundo Crepaldi, essa comissão dentro da FIESP espera que não seja necessário transformar o PMOC de instalações elétricas em uma lei como teve de acontecer com o ar condicionado para que ele fosse adotado pela sociedade. Mas pondera que caso isso seja preciso, o grupo estará preparado para propor um Projeto de Lei municipal, estadual ou federal especifico para esse fim.
“O grupo já está trabalhando. As entidades estão na fase de trabalho interno. Vamos nos reunir mensalmente para discutir e alavancar este trabalho e concluir a geração deste PMOC. Ao mesmo tempo, trabalharemos com outros planos em paralelo, cujo o grupo vai sugerir de acordo com a necessidade e os problemas das edificações”, explica o especialista.
O papel da ABRAFAC

Crepaldi destaca ainda que outro ponto importante dentro deste trabalho é que toda a necessidade que vem do Sindicato da Construção Civil – departamento que engloba todas as entidades que fazem parte da cadeia de construção do empreendimento até a sua entrega – tem a ABRAFAC como o braço da operação de todos estes sistemas. Ou seja, depois de construídos, a operação é da ABRAFAC. “Estamos coordenando esta Comissão porque somos o braço da operação dentro do GT da Fiesp. Operamos os sistemas de edifícios construídos, fazemos a mediação com as entidades e opinamos dentro dos processos”, conclui.

Sobre a ABRAFAC

A ABRAFAC Associação Brasileira de Facilities é uma entidade sem fins lucrativos, fundada em 2004, que tem por objetivo desenvolver o mercado, as organizações e os profissionais de Facilities, sejam eles agentes públicos, contratantes, consultores, administradores ou empresas prestadoras de serviços.

Nos últimos anos, a Associação vem se fortalecendo com ações efetivas de promoção de conhecimento e interação da comunidade do setor, sendo reconhecida como agente aglutinador do segmento em suas diversas frentes. https://www.abrafac.org.br

O que são Facilities?

Uma empresa apresenta necessidades diversas para se manter operando de maneira lucrativa e segura. Antes, cada negócio precisava atender às demandas por meio de sua infraestrutura interna. Mas uma opção vantajosa vem crescendo no mercado e merece destaque atualmente: a terceirização de atividades, mais conhecidas como facilities, que são serviços prestados de maneira terceirizada, com o objetivo de otimizar o trabalho e simplificar a vida dos contratantes. Em outras palavras, em vez de contratar a equipe internamente, o empreendedor fechará negócio com outra empresa, que designará os funcionários responsáveis pela efetivação de determinadas operações e tarefas.

Algumas das áreas mais comuns de contratação de facilities são as de apoio, o que engloba serviços como de limpeza, recepção e segurança. Porém, o recurso oferece soluções para os mais diversos setores, como o RH e o departamento pessoal, entre outros.

Website: https://www.abrafac.org.br

Acompanhe-nos nas Redes Sociais